Mais ação esse fim de semana para atletas Shimano

MTB e XTerra são os desafios

Sabrina Gobbo, Laura Mira e atletas da Equipe Sense / Shimano

312328_704425_img_5471_1030x687_web_.jpg

 

São Paulo (SP) - O fim de semana será de atividade intensa para os atletas do Shimano Sports Team. Na Europa, a marca estará representada por dois atletas na etapa tcheca da Copa do Mundo UCI de MTB Cross Country Olímpico (XCO), Rubinho Valeriano e Guilherme Muller, ambos da Sense Factory Racing. Nos Estados Unidos, Sabrina Gobbo (Trek/Pearl Izumi/Shimano) e Laura Mira (Team Oggi/Isapa) competem na quinta etapa do Tour Pan-Americano de XTerra, no Alabama. Já no Brasil, Lucas Borba (Audax/Shimano) busca em casa a vitória no Sul Brasileiro de Downhill, em Ibirama (SC). Os fãs poderão ver estes e outros atletas Shimano em ação durante o maior festival da bicicleta da América Latina, o Shimano Fest 2017. A oitava edição do evento será em setembro, entre os dias 14 e 17, no Jockey Club de São Paulo.

Os mineiros Rubinho Valeriano e Guilherme Muller estão desde o começo da semana na Europa, adaptando-se ao clima do continente e aos efeitos do jet lag. Neste domingo (21), os dois largarão ao meio dia para a etapa de Nové Mesto na Morave (CZE), com transmissão ao vivo pelo site Red Bull (https://goo.gl/0m4QdA). Para o jovem Guilherme, de 23 anos, a experiência na competição é a motivação principal. "Quero fazer uma boa prova dentro das possibilidades, uma vez que largo um pouco atrás devido a pontuação no ranking mundial. Competirei com o objetivo de ganhar muita experiência e dar meu melhor dentro da prova a cada volta", destaca Muller.

Mais experiente entre os atletas do Shimano Sports Team, tendo disputado três Olimpíadas (Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016), Rubinho Valeriano avalia a oportunidade de ter mais uma participação na etapa tcheca da Copa do Mundo. "Depois do Mineiro de Maratona, em Ouro Branco, fiz um treinamento bem puxado para esta sequência de provas em maio e junho. Temos a etapa da República Tcheca e, em seguida, a da Alemanha, no próximo fim de semana. Depois quando voltarmos para o Brasil, teremos a Copa Internacional no início do mês que vem. Senti bastante cansaço nessas últimas semanas e algumas dores, mas tudo em prol de chegar bem fisicamente nestes desafios", conta Rubinho.

"A pista de Nove Mesto na Morave é propícia para correr com bike full suspension (duas suspensões). Tive oportunidade de competir aqui com hard tal (uma suspensão) e full suspension, e com certeza esta é a escolha correta. Será a quarta vez que disputo esta etapa e mudou pouco o traçado. O rock garden (jardim de pedra) é o mesmo, com algumas mudanças nas descidas. Com lama a pista fica técnica e bem difícil de pilotar, por exemplo, enquanto seca fica ótima para pedalar. Por enquanto o tempo está firme, o que seria bom para nós", complementa.

Tour Pan-Americano de XTerra - Sabrina Gobbo e Laura Mira encaram a etapa de Oak Mountain do XTerra Pan-Am em situações diferentes. Enquanto Sabrina, a quarta colocada do ranking pan-americano, com 182 pontos, chegou ao Alabama nos primeiros dias da semana, a líder Laura, com 221, teve dificuldades com conexões nos EUA e só estará no local da prova nesta sexta-feira (19), sem tempo de fazer o reconhecimento dos circuitos.

"Até agora não consegui chegar em Pelham, no Alabama, local que receberá esta etapa do circuito no parque estadual Oak Mountain. Tive alguns problemas com meus voos e acabei perdendo as conexões para chegar a Miami no dia previsto. Desembarquei nos EUA nesta quinta-feira (18) à tarde, quando deveria chegar na quarta (17) de manhã. Em resumo, só estarei na cidade na sexta-feira de noite e aí a competição será na manhã do sábado (20). Não terei como reconhecer o percurso, o que gera um certo nervosismo e tensão. É chegar lá, montar a bike e fazer a prova de surpresa, que terá um nível fortíssimo de adversárias", conta Laura, que utiliza os componentes Shimano do grupo XT em sua Oggi Agile Carbon.

Ao todo 17 triatletas estão confirmadas na elite feminina. "Não procuro saber quem está na prova, mas em uma entrevista comigo aqui comentaram quem são as adversárias e o que eu achava de competir com elas. Teremos duas atletas do top 3 do mundo e outra que já foi top 5, porém não correu em 2016. Tínhamos oito mulheres no ano passado, quando fui a quinta, e agora são 17, ou seja, o pódio será um pouco mais difícil de ser alcançado, porém tudo pode acontecer", avalia Sabrina Gobbo.

"Tive três dias de treino entre quarta e sexta-feira aqui no parque Oak Mountain. O percurso é super bacana. Minha etapa preferida segue sendo a de Ilhabela, mas este aqui no Alabama é o mais divertido, porque tem 33 km na bike, praticamente de single track (trilhas estreitas). É muito legal e sinuoso, ou seja, aceleração, diminui e retomada, sempre encostando nas árvores. Na corrida serão duas voltas, com um circuito em sua maior parte na terra e alguns trechos de asfalto, e a natação também serão duas voltas", finaliza a atleta que competirá com sua bike equipada com o grupo XTR Di2 de transmissão eletrônica de marchas.

Sul Brasileiro de DH - O catarinense Lucas Borba compete em sua cidade, Ibirama, no Campeonato Sul Brasileiro de Downhill, válido pelos rankings estadual e nacional. Lucas é um dos favoritos ao título da elite, ao lado de Maicon Zottis, Silvio Felix Júnior, Darlan Tomaselli, dentre outros. A competição contará com dia de treinos livres no sábado, enquanto no domingo o qualificatório está marcado para às 10h da manhã e as finais logo em seguida, às 14h.

Ladies Power Team nos EUA - A equipe latino-americana Weber Shimano Ladies Power inicia neste fim de semana, pelo terceiro ano consecutivo, mais uma temporada de provas nos EUA, representada desta vez por seis atletas: a chilena Aranza Villalón, a argentina Mercedes Fadiga, a cubana Marlíes Mejías e as colombianas Jessenia Meneses, Camila Valbuena e Rocío Parrado. No domingo elas competem na Wilmigton Grand Prix de Delaware, prova de um único dia. A agenda da Ladies Power segue com competições nos dias 27, 28 e 29 de maio, Wiston Salem Cycling Classic, na Carolina do Norte, para encerrar o período de provas norte-americanas nos dias 10 e 11 de junho, com as disputas da The Armed Forces Cycling Classic, em Arlington, e da North Star, em Minneapolis.

Suporte Neutro no GP Ravelli - Líder mundial no mercado de componentes para a prática do ciclismo, a Shimano apoia, de forma inédita nesta temporada, uma das mais tradicionais competições ciclísticas do Brasil: o Desafio GP Ravelli de MTB. Neste fim de semana, Lambari (MG) receberá a segunda etapa no sábado e domingo, com provas de XCM (Maratona) e XCO. Um dos destaques da competição será o Suporte Neutro Shimano, auxílio aos ciclistas antes e durante as provas, independentemente dos produtos que estes usem em suas bicicletas, realizado na arena e também no percurso.

Shimano Sports Team 2017 - Assim como diversas marcas do segmento esportivo, a Shimano apoiou e patrocinou inúmeros atletas com foco nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Terminada a Rio 2016, a marca japonesa continua apostando no fortalecimento do ciclismo no Brasil com a ampliação do número de atletas apoiados. São eles:

No MTB cross country, Wolfgang Soares e Sherman Trezza (Caloi Elite Team); Mario Veríssimo, Karen Olímpio, Kennedi Lago e Luiz Renato (Team OGGI/ISAPA); Rubens Donizete, Guilherme Muller e Mario Couto (Sense Factory Racing); Daniel Grossi e Isabella Lacerda (Team Groove); Ricardo Pscheidt e Adriana Nascimento (Trek Factory Racing); Jefferson Batista, João Pedro Firmeza e Danielle Moraes (AVA Project). No downhill, Lucas Borba (Audax); No ciclismo de estrada: Flavia Oliveira (Specialized) e Gideoni Monteiro (Indaiatuba/HTPro Nutrition/Força Aérea Brasileira); No BMX: Priscilla Stevaux (Caixa/Shimano) e Renato Rezende (Team Nissan). E, no triathlon: Laura Mira (Team OGGI/ISAPA); Clara Guimarães Carvalho (Sense Factory Racing); Sabrina Gobbo (Trek Factory Racing) e Reinaldo Colucci (SESI/Scott).

312328_704428_laura_mira___divulgacao_web_.jpeg