Atletas Shimano da Squadra OGGI são campeões

Brasil Ride: Mário Veríssimo e Kennedi Sampaio são Campeões das Américas

Suporte Neutro Shimano: Blue Angels fazem mais de 2 mil atendimentos

324679_742921_324153_741128_fp_171017__0075_web_.jpg

 

São Paulo (SP) - A dupla de ciclistas do Squadra Oggi, formada por Mário Veríssimo e Kennedi Sampaio, fez bonito em sua estreia na principal ultramaratona de MTB das Américas, a Brasil Ride. Mário e Kennedi garantiram a camisa branca - a de melhores ciclistas das Américas - após as sete etapas da oitava edição, com corridas entre Arraial d'Ajuda, em Porto Seguro, e Guaratinga, municípios do extremo Sul da Bahia. A competição contou, mais uma vez, com o serviço de Suporte Neutro da Shimano, que fez mais de 2 mil atendimentos aos competidores.

Após surpreenderem seus adversários no prólogo do domingo (15), com o quinto lugar no geral e o direito de usarem a camisa branca no dia seguinte, Mário e Kennedi não largaram mais a "White Jersey" da Brasil Ride. A dupla que chegou mais perto deles foi a da Audax, formada por José Gabriel Marques e Daniel Carneiro, que tiveram um bom desempenho na corrida decisiva, no sábado (21), e tiraram pouco mais de cinco minutos de desvantagem para os atletas Shimano, que encerraram os mais de 550 km da ultramaratona em 25h03min50, contra 25h05min33 de Zé Gabriel e Daniel.

"Sensação incrível estar aqui competindo pela primeira vez no evento. Tanto o Mário como eu somos estreantes e, logo de cara, no prólogo, conseguimos a camisa de líderes das Américas e lutamos todos os dias no limite para segurar essa conquista. Na decisão, nos mantivemos com a camisa branca e somos campeões da disputa em 2017. Agradeço a minha família, amigos e patrocinadores, porque foram dias exaustivos aqui no Sul da Bahia", comemorou Kennedi, ciclista de Castro Alves (BA).

"Para nós foi mais do que uma conquista, porque entramos na nossa primeira Brasil Ride e já sabíamos que é uma prova muito dura, uma das principais do mundo. O objetivo era terminar e não vencer a América, mas passou a ser nossa meta após a abertura. Fomos crescendo, ganhamos a segunda e a terceira etapas entre os ciclistas das Américas e abrimos uma boa vantagem. Na volta para Arraial, no quinto dia, o Kennedi sentiu o cansaço, mas conseguimos administrar de uma certa forma. Colocamos a cabeça no lugar, fomos bem no cross country e agora somos campeões. Estamos felizes demais pelo resultado", destacou o goiano Mário, do município de Jaraguá.

Enquanto Mário e Kennedi conquistaram a camisa branca e completaram a ultramaratona em sétimo lugar no geral, o título ficou com Henrique Avancini e Jiri Novak, da República Tcheca. O top 3 teve ainda Michele Casagrande e Fabian Rabensteiner, ambos da Itália, seguidos de Hans Becking, da Holanda, e Sebastian Fini, da Dinamarca. Na disputa feminina, Raiza Goulão e Margot Moschetti, da França, levaram o título. Já as campeãs das Américas foram Ana Luisa Panini e Pilar Covalan, do Chile.


Suporte Neutro by Blue Angels

324679_742931__ney8606_web_.jpg

 

Suporte Neutro Shimano aumenta 40% no atendimento - Acompanhando os melhores ciclistas do mundo que pedalaram mais de 550 km com altimetria acumulada em cerca de 11.000 metros nos sete dias da Brasil Ride, os Anjos Azuis da Shimano deram toda a assistência necessária aos atletas por meio do Suporte Neutro. Os 10 mecânicos da marca realizaram mais de 2.150 atendimentos no período do evento, superando em mais de 40% os 1.500 realizados na edição de 2016.